ACI

Fundada em 1925

Acesse nossas redes sociais:

Jornalista, a melhor profissão do mundo

Jornalista, a melhor profissão do mundoHá cerca de três semanas, participei como avaliadora de uma banca de Trabalho de Conclusão do Curso (TCC) de Jornalismo, que me emocionou bastante. A aluna apresentou um belíssimo livro-reportagem com perfis de mulheres que abortaram em circunstâncias de total desespero e abandono e, ao relatar o sofrimento das fontes entrevistadas, não conteve as lágrimas, quebrando o protocolo da apresentação, que comumente exige uma certa dose de formalidade. Foi lindo!

 

Há uma semana, participei da Expocom Sudeste 2017, premiação pertencente à Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (Intercom), que promove o mais reconhecido congresso da área de comunicação. O livro-reportagem dos meus ex-orientandos de TCC, das Faculdades Integradas Rio Branco, foi selecionado entre os cinco melhores da região Sudeste. Fui com a minha aluna para o Centro Universitário de Volta Redonda (Unifoa), onde ocorreu a premiação, acompanhar a apresentação dela (representando seu colega, parceiro de reportagem) sobre o processo de produção da obra. Eles apresentam, no livro, o perfil de uma senhora nordestina que tem uma história de vida riquíssima, marcada por toda sorte de empecilhos e injustiças, além de ter sentido na pele, em diferentes situações, o preconceito e o machismo. A trajetória dessa mulher espelha os dramas de milhares de brasileiras. Lá na premiação, nos deparamos com outros livros maravilhosos dos alunos que também concorriam ao prêmio. Obras que versam sobre a comunidade gay, moradores de rua, direito ao uso da maconha com fins medicinais, entre outros assuntos muito importantes. Não consigo me esquecer do orgulho de cada um dos estudantes, inclusive da minha querida ex-orientanda, apresentando o trabalho. Seus olhares traziam a certeza de terem se formado contribuindo com um mundo melhor.

 

Recentemente, finalizamos, eu e meus colegas de pós-graduação da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP) a disciplina “A Ciência do Jornalismo”, uma matéria voltada a debater textos clássicos, que abordam questões cruciais da nossa profissão: da seleção do que é notícia à função social do jornalismo. Foram seis meses de discussões acaloradas sobre como praticar um jornalismo capaz de atender à sociedade, e não a interesses de grupos que já possuem tudo a seu favor. Cada um de nós encerrou a disciplina com uma breve apresentação sobre o artigo científico que está produzindo como trabalho final. A empolgação de cada colega, nas apresentações, era notável.

 

Perdoe-me pelo personalismo deste texto, mas ainda me emociono muito quando vejo demonstrações de amor pela profissão, como essas. Hoje em dia elas parecem cada vez mais raras.

 

Escolhi a faculdade de jornalismo verdadeiramente pensando em contribuir com a minha sociedade, e defendo que aqueles que optam por esse curso devem pensar desta forma. É desolador escutar um bocejo ou observar um aluno abandonando a sala de aula, no meio de um debate importante sobre o jornalismo.

 

O idealismo é muito necessário na área. Se não podemos mudar o mundo, podemos ao menos “mudar pequenos mundos”, como disse a querida amiga Thaís Nunes, repórter da área de direitos humanos, em palestra proferida no aniversário do blog Formando Focas (página voltada aos estudantes de jornalismo, por mim editada. Podemos, sim, fazer a diferença na vida de brasileiros que nunca tiveram seus anseios e queixas ouvidos.

 

Enquanto alunos marejarem os olhos ao apresentarem seus trabalhos, enquanto pesquisadores e professores de jornalismo discursarem empolgados sobre suas pesquisas, enquanto um repórter ficar com a voz embargada ao se deparar, durante uma matéria, com uma situação de injustiça ou opressão, vou defender que essa é a melhor profissão do mundo, como disse o mestre Gabriel García Márquez.

Fonte: Portal Comunique-se


Rua Floriano Peixoto, 735, 4º andar - Centro
CEP: 60.025-130 - Casa do Jornalista
Edifício Perboyre e Silva. Fone: (85) 3226.6260 - 3226.6787 www.acimprensa.com.br