ACI

Fundada em 1925

Acesse nossas redes sociais:

Lançado manual “Por Uma Comunicação Pelos Direitos Humanos”

10112017 ACI 3Uma expressiva manifestação de repúdio ao racismo na imprensa brasileira, a partir da repercussão de um vídeo com este conteúdo por parte do jornalista William Waack, marcou a atividade de lançamento do manual “Por Uma Comunicação Pelos Direitos Humanos”, elaborado pelo mandato da vereadora Larissa Gaspar (PPL), presidenta da Comissão de Direitos Humanos da Câmara Municipal de Fortaleza (CMFOR), nesta quinta-feira (09/11), na Associação Cearense de Imprensa (ACI). A atividade reuniu representantes de entidades ligadas à imprensa, bem como à temática dos direitos humanos.

Sob o comando do presidente da ACI, jornalista Salomão de Castro, a mesa repudiou o conteúdo expresso por William Waack no vídeo divulgado nas redes sociais, relativo à cobertura da Rede Globo sobre a eleição do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, em novembro de 2016, e tornado público recentemente. Na ocasião, ao perceber grande movimentação de carros com buzinas quando realizava a cobertura, Waack afirmou: “É preto, coisa de preto”.

Compuseram a mesa da atividade, além do presidente da ACI, a vereadora Larissa Gaspar, o membro da Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-CE) Antônio José de Sousa Gomes e as jornalistas Angela Marinho (diretora da ACI e da Agência da Boa Notícia) e Raquel Dantas (integrante do Coletivo Intervozes).

O que diz o Código de Ética

“O Código de Ética dos Jornalistas Brasileiros estabelece expressamente que o jornalista deve combater práticas de perseguição ou discriminação por motivos sociais, econômicos, políticos, religiosos, de gênero, raciais, de orientação sexual, condição física ou mental, ou de qualquer outra natureza. Manifestações como as de William Waack merecem o repúdio de todos os profissionais responsáveis que atuam na nossa área”, afirmou Salomão de Castro, que também preside a Comissão de Ética do Sindicato dos Jornalistas do Ceará (Sindjorce).

As jornalistas Angela Marinho e Raquel Dantas expuseram outras situações em que é necessária a responsabilidade do profissional de imprensa ao tratar de questões relacionadas aos direitos humanos.”É fundamental que os jornalistas estejam conscientes das consequências das coberturas que realizam, sobretudo no caso dos programas policialescos”, afirmou Raquel Dantas.

O representante da Comissão de Direitos Humanos da OAB-CE, Antônio José de Sousa Gomes, destacou o avanço de uma onda conservadora no plano político mundial, manifestando ainda a consciência acerca da dificuldade de abertura de processos relacionados à cobertura da mídia sobre questões relativas aos direitos humanos por parte do Ministério Público.

Manual contempla várias situações

Já a vereadora Larissa Gaspar fez uma exposição sobre os pontos que constam no manual direcionado aos profissionais de imprensa. Com distribuição gratuita, o manual de 20 páginas traz dicas de abordagens para cobertura jornalística sobre temas relacionados à exploração sexual de crianças e adolescentes, violência contra a mulher, suicídio, e também alguns aspectos da violação de direitos humanos na grande mídia brasileira.

Além de trechos do Código de Ética, editado pela Federação Nacional dos Jornalistas Brasileiros (FENAJ), o manual tem como fontes publicações da Agência de Notícias dos Direitos da Infância (ANDI), da ONG Think Olga, do Coletivo Intervozes e da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Também participaram do evento Rosemeire Gadelha, representando o Conselho Tutelar VII, Ademir Costa, do Movimento Pro-Parque, a jornalista Roberta França, da ONG Adelco e Jannayna Pereira, da diretoria do Sindicato dos Bancários, Daniel Fonsêca, do Coletivo Intervozes, Paulo Verlaine, da Associação 64/68, Bernardo Lucas e Paula Bandeira, ambos jornalistas do coletivo Resistência, e Karlo Kardozo, da Raiz – Movimento Cidadanista.

Serviço: O manual é distribuído pelo gabinete da vereadora Larissa Gaspar. Mais informações: Jack de Carvalho (assessor de imprensa da vereadora Larissa Gaspar) – 9.9862.4817

Fotos: Gustavo Portela (mandato da vereadora Larissa Gaspar)

 

10112017 ACI 210112017 ACI 410112017 ACI 1

 

 


Rua Floriano Peixoto, 735, 4º andar - Centro
CEP: 60.025-130 - Casa do Jornalista
Edifício Perboyre e Silva. Fone: (85) 3226.6260 - 3226.6787 www.acimprensa.com.br